quarta-feira, agosto 31, 2011

- original soundtrack -

há uns tempos entrei numa loja de roupa interior e estava a passar esta música. é tão deprimente! (e um bocadinho "emo"). pensei que a tivessem colocado para as pessoas se sentirem mal e comprarem mais. naquele dia fez-me sair da loja, mas hoje...

I was happy in the haze of a drunken hour
But heaven knows I'm miserable now

I was looking for a job, and then I found a job
And heaven knows I'm miserable now

In my life
Why do I give valuable time
To people who don't care if I live or die ?

Two lovers entwined pass me by
And heaven knows I'm miserable now

I was looking for a job, and then I found a job
And heaven knows I'm miserable now

In my life
Oh, why do I give valuable time
To people who don't care if I live or die ?

What she asked of me at the end of the day
Caligula would have blushed

"You've been in the house too long" she said
And I (naturally) fled

In my life
Why do I smile
At people who I'd much rather kick in the eye ?

I was happy in the haze of a drunken hour
But heaven knows I'm miserable now

"You've been in the house too long" she said
And I (naturally) fled

In my life
Why do I give valuable time
To people who don't care if I live or die ?

(Heaven Knows I'm Miserable Now, The Smiths)

5 Comments:

Blogger AM said...

meus deus, B.
não há nada de "emo" em NENHUMA música dos The Smiths
isto é a verdade
revelada

31/8/11 8:39 da tarde  
Blogger beluga said...

Yo B!!! (faz-me lembrar o "Upgrade" da Beyonce. Sim, sou um bocado mainstream). Ora bem AM, não sabia que sabia quem eram os "emos". Acredito que não exista, mas para quem não "assistiu" aos The Smiths, visto de fora, parece. Parece um bocadinho Calimero ("it's an injustice..."). Mas sim, tenho de concordar consigo que as músicas deles são muito boas. Para mim, que não tenho meio termo (ou gosto da Beyonce ou gosto de The Smiths) a música deles foi uma boa descoberta. quer dizer, quando descobri. que foi bastante depois da maior parte das pessoas. até aí ouvia, mas não prestava atenção. até uma certa altura, ouvir as músicas do 80's dava-me pele de galinha.

2/9/11 12:21 da manhã  
Blogger beluga said...

desculpe, se calhar sou um bocado bimba.

2/9/11 12:21 da manhã  
Blogger AM said...

de todo
os 80's fazem isso
só que ouvir esta música (em 84!?...) foi como saltar da infância para a idade adulta saltando por cima da puberdade
gosto dos S. e da B.
cada coisa a seu tempo

3/9/11 2:30 da tarde  
Blogger beluga said...

sabe que nos anos oitenta ainda não tinha bem a noção dessas coisas: a música estava toda ao mesmo nível. Era "fixe" ouvir música estrangeira, mas as letras diziam-me muito pouco, razão pela qual ministars e europe ficavam ao mesmo nível (e se calhar ainda estão). para mim, a passagem foi mais tarde, já no início dos 90 com os Led Zeppelin. Estava "apaixonada" por uma figura pública (cujo nome não revelarei porque, convenhamos, é preciso algum amor próprio), e nunca pensei que alguém já tivesse as palavras para aquilo que estava a "sentir"
A B. fez 30 anos. no sábado, ou coisa que o valha

5/9/11 1:10 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home