sábado, junho 27, 2009

7 Comments:

Blogger Pedro Machado Costa said...

Ou: o Trapaceiro com um globo de ouro

27/6/09 2:22 da manhã  
Blogger beluga said...

Caro Pedro:
Caramba! Eu não diria melhor!

29/6/09 12:56 da manhã  
Blogger cha&tisana said...

da preguiça tenho a melhor das opiniões, quando usada em beneficio próprio. neste caso, é apenas um verdadeiro atestado de estupidez, escassez de profissionalismo e em análise final, ausência do dito benefício próprio.
pois, em caso de plágio considerar o elogio! ;)

29/6/09 3:39 da manhã  
Blogger história e arte said...

viva!!! vim cá ter numa pesquisa a Santa Agata!!!! :)))) incrivel, o google, não é??

adorei, hei-de voltar para me perder

cumprimentos

30/6/09 4:43 da tarde  
Blogger Ji|||i said...

Oxentchi!!!
Os seus fans começam a agradecer-lhe a sua dedicaçao ao português do Brasil nlaguns dos seus posts.
Vichi maria!

6/7/09 9:50 da manhã  
Blogger beluga said...

Caro(a) Cha& tisana:
bem vindo(a). não me preocupa o dito plágio - se é que é plágio quando se mudam umas letras. achei foi curioso saber que alguém que escrevia para o site da Globo, do outro lado do oceano, tenha descoberto o Belogue. Assim como acho curioso que o caro(a) cha& tisana também tenha chegado até aqui. Mas não vou fazer perguntas indiscretas. Volte sempre

Cara História e Arte:
Nem sei o que lhe dizer acerca do Google. Procurei por "Santa Ágata" nas primeiras 170 páginas escritas em português, só para experimentar e não encontrei o Belogue. Seja bem vinda.

Caro JImi:
Vixi Mária, ómi! Cê tá pensando queu num tô pôdendo, né? Eu sô mais eu meu filho! Si fô preciso ródo a baiana e faço uma baixaria qui vai chigá lá em Paratuati de Caratuatu. Li amô, vici?

6/7/09 11:48 da tarde  
Blogger chaℰtisana said...

acho muito simpático e saudável o desprendimento em relação à questão autoral que refere, sinto que o senhor da globo talvez não partilhe da mesma generosidade. talvez seja o impedimento do tal beneficio da preguiça.
do restante,
vou esperar que a curiosidade não mate o gato. aliás, este é um dos saberes proverbiais portugueses dos quais estabeleço alguma distancia. a curiosidade é mais do que salutar...e eu adoro gatos.

9/7/09 7:13 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home