quarta-feira, novembro 30, 2005

CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

- Não acabei o Proust. Pelas minhas contas falta mais um mês de leitura.
- Nada de palavrões, nem em inglês. Se não cumprirem, terei de apagar alguns comentários. Isto não é a escola primária.
- Pára de me tratar como uma rameira. Já não digo como o Caetano "certamente eu vou ser mais feliz"; basta não ser infeliz, OK?

13 Comments:

Anonymous Anónimo said...

se era para agredir a versão anterior era mais eficaz...

1/12/05 2:26 da tarde  
Blogger beluga said...

Is that you peter? Pede ao jimi o desenho, por favor.

1/12/05 3:49 da tarde  
Anonymous pete said...

nope, wasn't me... Já pedi.

1/12/05 7:09 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Deixa-me rir
essa história não e tua
falas da festa, do sol e do prazer
mas nunca aceitaste o convite
tens medo de te dar
e não e teu o que queres vender

Deixa-me rir
tu nunca lambeste uma lágrima
desconheces os cambiantes do seu sabor
nunca seguiste a sua pista
do regaço à nascente
não me venhas falar de amor

Pois é, pois é
há quem viva escondido a vida inteira
Domingo sabe de cor, o que vai dizer
Segunda Feira

Deixa-me rir
Tu nunca auscultaste esse engenho
de que falas com tanto apreço
esse curioso alambique
onde são destilados
noite e dia o choro e o riso

Deixa-me rir
Ou entao deixa-me entrar em ti
ser o teu mestre so por um instante
iluminar o teu refúgio
aquecer-te essas mãos
rasgar-te a mascara sufocante

Pois é, pois é
ha quem viva escondido a vida inteira
Domingo sabe de cor, o que vai dizer
Segunda Feira


Jorge Palma

1/12/05 9:37 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

o jorge palma no belogue? aproveite beluga... nao é de deixar escapar.

1/12/05 11:31 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

estrela do mar
so a ele obedeço
so ele me conhce so ele sabe quem sou

1/12/05 11:32 da tarde  
Blogger beluga said...

É a isso que tudo se resume "deixa-me entrar em ti". Confirma-se, uma rameira.

2/12/05 9:25 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Nem pensar!
O prazer tanto pode ser activo como passivo (uma das "bichas" que aqui costuma comentar pode explicar isto muito melhor do que eu), o importante é que não se tenha medo ou receio de o sentir.
quanto ao "tudo de resume", não será mais do que estar com a autoestima muito down;-).
Capisce?

2/12/05 9:50 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Já agora, o "deixa-me entrar em ti" não é nenhum favor que se faz, mas sim uma metáfora par um possível encontro de desejos.

2/12/05 9:52 da manhã  
Blogger beluga said...

Como é que se explica a alguém que se é mais do que uma letra numa agenda? Que não se quer a fotografia a segurar bébés no desktop de ninguém, que não se deseja ser um guardanapo bordado a ponto de cruz, nem um lugar marcado na mesa durante as festas de família.

2/12/05 11:24 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Talvez à bruta e de ojos nos ojos ...

2/12/05 11:41 da manhã  
Anonymous dito. said...

coisas á bruta, respostas á bruta.

2/12/05 3:39 da tarde  
Anonymous pete said...

Obrigado sr anonymous... muito obrigado...

2/12/05 4:45 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home