segunda-feira, outubro 10, 2011

- não vai mais vinho para essa mesa -

- está um cheiro esquisito aqui.
- pois está.
- parece a...
- cheira mesmo mal!
- espera aí que eu tenho aqui uma amostra de perfume para casa.
[vaporização para o ar, várias vezes]
- que cheiro é este do perfume?
- é um perfume para casa!
- tens a certeza?
- tenho. diz aqui: "home".
- tens mesmo a certeza? é que isto é muito forte.
- ah, espera... tem outro "m"

5 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Narizes sensíveis, hã! Estou totalmente de acordo com a personagem que lê home. Nunca lhe ensinaram que m de casa não é m?

11/10/11 8:07 da manhã  
Blogger beluga said...

não sei se percebi muito bem. "casa" em inglês é "home"; lê-se o "m". [caro anónimo, sou de compreensão lenta. necessito de todas as explicações]

de qualquer forma, homens e casas têm muito em comum. homens, no sentido de humanidade: algumas estão ocupadas, outras não são grande coisa, outras são grande coisa, mas não são para nós, outras são muito boas por fora, mas por dentro estão cheias de infiltrações, algumas são compradas, outras têm mais do que um dono...

12/10/11 12:38 da manhã  
Blogger João Barbosa said...

contaram-me uma coisa vagamente parecida... uma zuca que foi à Zara Home procurar roupa de homem e estranhando fez a pergunta: é aqui a Zara Home(m)?

17/10/11 9:24 da manhã  
Blogger beluga said...

Caro João Barbosa:
não percebi a história, desculpe

17/10/11 12:52 da tarde  
Blogger João Barbosa said...

oh!

17/10/11 10:54 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home