sexta-feira, setembro 21, 2007

- ars longa, vita brevis -
hipócrates
Caro AM, claro que não me importo. Mas não me perdoo. Por isso, porque pago um boi para não entrar numa luta e uma manada para não sair dela, faço novo post sobre Picasso e Braque, numa outra proposta:

Antes e depois ou “ambos os quadros são denominados “Mulher com guitarra”, embora o de Picasso seja mais conhecido por “Ma Jolie”. Picasso, como sabemos era espanhol da Andaluzia, enquanto Braque era francês. Em Picasso há invocações árabes, procura de formas naturais estilizadas e reduzidas ao mínimo geométrico (Mondrian e os estudos a partir da árvore) e a tentativa de criar um universo sem pontos de relação com o real, embora esse mesmo universo possa ser materializado. A inscrição “Ma Jolie” dá um género ao quadro; é feminino, mas o que lá está representado não tem nada de feminino. No entanto, a própria inscrição, as cores, as linhas e a ideia podem ter parceiro no mundo tridimensional da cerâmica, da escultura, da arquitectura… Já Braque como francês que é, educado na tradição da escola francesa de pintura do século XIX, tem uma relação com as formas que é bastante orgânica, mas também muito abstracta. Tenta apenas traduzir no plano todas as dimensões, daí conhecermos tão bem esta descrição daquilo que é o cubismo. O cubismo francês, claro. Este quadro de Braque é mais focado no tema, mais directo que o de Picasso. Extrai do tema associações directas: cada cor exprime um sentimento, uma forma, uma sonoridade.”

Pablo Picasso
Ma Jolie
1911-12
MoMA, New York



Georges Braque
Woman with a Guitar
1913
Musee National d'Art Moderne

2 Comments:

Blogger AM said...

melhor... (smile)

21/9/07 9:09 da tarde  
Blogger beluga said...

um dia destes gostaria que me mostrasse o seu caixote do lixo ...(sorriso)

24/9/07 12:16 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home