quarta-feira, fevereiro 03, 2010

- o carteiro -
Até havia coisas para dizer: o Google abriu as inscrições para o Doodle 4 Google, um concurso em que os concorrentes desenham a homepage do motor de busca, uma escultura de Giacometti atingiu o valor mais elevado de sempre num leilão, o Guardian fala bem de nós, e tive uma epifania que me fez ver os “guês” de George Boole substituírem o s “bês” de Boole (é só um), o que fazia sentido porque o George Boole criou os operadores booleanos de que o Google se serve e que não devolvem a pesquisa de uma forma ordenada, mas isso já são coisas da minha cabeça. entretanto descobri que no Natal de 2007, enquanto a Ofélia enregelava num afluente mal cheiroso do Tamisa, eu e a Rita fizemos uma Ofélia Morta, sem querer, nas águas quentes do Pestana Natal.

Millais
Ophelia (pormenor)
1851-52
Tate Gallery, Londres

4 Comments:

Anonymous ana said...

que lindo cabelo

4/2/10 5:05 da tarde  
Blogger João Barbosa said...

ai as Ofélias...

4/2/10 7:42 da tarde  
Blogger AM said...

que bela foto

4/2/10 11:12 da tarde  
Blogger beluga said...

Cara Ana:
é o que se salva do conjunto (que tu bem conheces)

Caro João Barbosa:
nenhuma paranóia com as Ofélias, mas calhou a fotografia sair assim. Aliás essa viagem foi pródiga em boas fotografias (não é que esta seja uma boa fotografia...)

Caro AM:
estive até à última para não colocar a fotografia porque achava que já estava a revelar muito. E ainda agora... não sei. um dia destes tiro-a.

6/2/10 12:04 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home