terça-feira, julho 01, 2008

- ars longa, vita brevis -
hipócrates
antes, depois e depois ou “como Peter Lindberg fez uma escolha medíocre com esta obra, uma vez que qualquer actriz, modelo, bailarina and soon poderia ter feito o papel de enfermeira. o melhor mesmo é o facto de o original parecer ter sido pintado e em seguida molhado o que se reflecte no efeito de tinta que cai, no efeito que deve ter tornado a obra mais apetecível. nem tudo será mau no fetiche de Prince por enfermeiras; afinal de contas foi essa imagem recorrente que levou à adaptação e transformação deste quadro em capa do disco dos Sonic Youth (em exposição em Serralves). recorde-se que não no mau sentido, mas a obra de Prince é sexista; ou seja, é sexista porque o objecto retratado faz parte da imagética iconográfica americana que por si só é sexista – as cheerleaders, as enfermeiras, as raparigas de mota, a cerveja e o futebol americano, a bandeira e os cigarros; tudo isso faz parte do universo de sonho da América. e não apenas para homens, pois o sonho de muitas raparigas americanas é poder fazer parte da claque de futebol da escola ou de uma grande equipa. numa das suas obras mais recentes, que está na Serpentine Gallery e que não mostra a visão de dentro desse mundo americano – muito mais premente nas fotografias de Prince relativas aos subúrbios – são expostos sem critério mamilos e mamilos e carne a uma colagem de diferentes partes do corpo, algumas delas em que se percebe apenas que se trata de carne e não da parte do corpo em si). obviamente este raciocino não é suficientemente relevante ou inexplorado para se tornar uma pertinência per si. o retrato desse mundo não é maldosamente sexista. é uma contingência. mas Walter Benjamim tinha razão quando disse que no momento em que surgiu a câmara, as ideias originais ficaram em vias de extinção”:

Richard Prince
Man-Crazy Nurse #3

2003


Sonic Youth
Sonic Nurse
2004


Peter Lindberg
Julianne Moore a interpretar Richard Prince
2008
Harper’s Bazaar

2 Comments:

Blogger AM said...

é, realmente, "deficil", escolher o pior
as capas dos discos dos SY com pinturas fatelas são um clássico! (smile)

7/7/08 9:15 da tarde  
Blogger beluga said...

Caro AM:
sei que não gosta muito deles, mas eu adoro o "sugar cane"

7/7/08 11:06 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home