sábado, julho 30, 2016

- o carteiro -

cada um enunciará coisas pelas quais achará valer a pena viver. o Woody Allen fá-lo assim:
video

Para mim, a vida vale a pena ser vivida por isto:

- beijos. na cara, na boca, com língua, sem língua... beijos.
- água (para nadar, tomar banho de mangueira...)
- "Ella giammai m'amo" do Verdi
- Os Caravaggios não mitológicos
- "A pianista" do Hanneke 
- O Eça, o Thomas Mann
- Salmão grelhado, cerejas, melancia
- pequenas atenções: girassóis, tulipas, um telefonema, um postal ...
...

1 Comments:

Blogger beluga said...

esqueci-me de outra coisa muito importante:

- viajar

Já dizia o Santo Agostinho: a vida é como um livro e quem não viaja não passa da primeira página. Era mais ou menos assim.

30/7/16 11:42 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home