quarta-feira, julho 21, 2010

- o carteiro -

não consigo responder aos comentários... diz assim "STOPzilla has blocked 1 popups". É cada um que me sai na rifa. Caro AM, respondo quando descobrir o que é que o STOPzilla quer... Ora bem, queria apenas deixar-vos com três sugestões de exposições:
[1]
Mario Testino (ía escrevendo Mario Testículo) abre na Phillips de Pury & Company a exposição "Kate Who?", dedicada à nossa Kate Moss no dia 21 Julho (hoje). digam o que disserem, mas ela é lindíssima e abriu um precedente (ainda que por vezes mau): nem só quem obedece a um padrão de beleza já estabelecido pode ser modelo, desejada e considerada.

[2]
A exposição entitula-se 'The Spectacular Art of Jean-Leon Gerome', abriu no The Getty Center a 15 de Junho e por lá permanecerá até 12 de Setembro. Para quem não conhece Jean-Leon Gerome, mais vale ficar assim, sem conhecer pois é o exactamente o academicista que pinta os quadros com flores, as sagradas famílias, as crianças a brincar e os pobres a pedir uma esmola. No entanto a exposição reune as obras de toda a sua carreira, o que pode ser uma coisa digna de se ver, não pela qualidade ou pela excentricidade, mas por isso ser raro numa exposição. É uma mostra que abarca o período "Neo-Grego" (Neoclássico, mais ou menos), as suas pinturas orientais (que inspiraram os Impressionistas) e as esculturas realizadas no término da vida. Apesar de tudo, a obra do homem era admirada e reproduzida (em vários tamanhos e cores, verdade!)

[3]
Já abriu (a 2 de Julho, mas azar) a exposição 'Telling Stories: Norman Rockwell from the Collections of George Lucas and Steven Spielberg'. No Smithsonian American Art Museum até dia 2 de Janeiro será possível ver a maior exposição sobre a ligação entre os trabalhos de Norman Rockwell e o cinema, jamais feita. Quando falamos de cinema falamos de George Lucas e Steven Spielberg que partilham nas suas obras o amor pela pátria, os valores presentes nas pequenas cidades, a passagem da infância à idade adulta, a imaginação e a ironia da vida bem como a criação de heróis improváveis.
[link]

4 Comments:

Blogger AM said...

esse STOPzilla tem ar de quem é ainda mais mauzão que o outro do MAILER-DAEMON - failure (ou lá o que era...)

22/7/10 7:24 da tarde  
Blogger João Barbosa said...

másduquéquevocêstãoafalar?

22/7/10 7:54 da tarde  
Blogger Brontops Baruq said...

Eu também não ando lá muito inspirado.

Mas - se puder e quiser - me diga o que acha disso aqui:
http://www.artcyclopedia.com/hot/tilt-shift-van-gogh.htm

23/7/10 3:11 da manhã  
Blogger beluga said...

Caro AM: aquele tipo que me deixa fora de mim é o que diz, mesmo naquele momentinho crucial de elevada expectativa: "could not complete your request...". Não era um "request" amigo, era uma ordem!

Caro João Barbosa:cenas destas coisas de néti

Caro Brontops:
olhe, como se diz aqui quando alguém tem estados de espírito peculiares que "deve ser do tempo". Estive a ver o link que me enviou. Vi esse e vi de outros trabalhos do van Gogh e sinceramente gostava de ter tido a ideia, isto falando pelo impacto visual e da noção que dá da obra, pois é possível ao observador ser quase interveniente.

mas alguém já teve a ideia!

30/7/10 12:26 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home