quinta-feira, dezembro 14, 2006

- mãe, a maçã tem bicho -


Caravaggio
The incredulity of Saint Thomas
1601-1602
Neues Palais, Potsdam


[da Literatura – I]
Carolina Salgado põe o país a ler.
[da Literatura – II]
O autor de “Eu Cláudio, Imperador”, Robert Graves, está a revolver-se na “grave” por causa do título do livro de Carolina Salgado.
[da Literatura – III]
Na Bíblia há quatro tipos de mulheres: as Salomés – que dançam e reclamam a cabeça de alguém para satisfazerem a sua vaidade, as Judites – que seduzem generais para salvarem o seu povo, as Madalenas – pecadoras arrependidas, e as Evas – as mães. No livro de Carolina há um: o dela.

4 Comments:

Anonymous pete said...

Não me parece.

Salomé... Madalena... Judite para os do Sul... só falta engravidar.

15/12/06 10:26 da tarde  
Blogger a said...

Ela condensa em si própria toda essa variedade certamente. O pronome no título é só para enganar.

15/12/06 11:15 da tarde  
Anonymous pete said...

E se eu disser: Ela, Carolina?

21/12/06 1:52 da manhã  
Blogger a said...

Nós, Carolinas ?!...

22/12/06 1:37 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home