segunda-feira, setembro 19, 2005

TÃO LÍRICOS QUE NÓS ESTAMOS



No limiar da casa

Estar sentado nas dunas. Não ver
Senão sol. Não sentir senão
calor. Não ouvir
Senão quebrar as ondas. Entre duas
pulsações acreditar: Agora
há paz.

Günter Kunert

1 Comments:

Blogger FORMIGA BARGANTE said...

Cara Beluga

Gostaria de obter um endereço de email seu, para lhe poder colocar algumas questões que não me parece muito conveniente serem colocadas directamente na Formiga.

O meu contacto de email é
black.box@sapo.pt

19/9/05 4:48 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home