sexta-feira, novembro 18, 2005

CONFERÊNCIA DE IMPRENSA


Michelangelo Merisi da Carvaggio
Baco
1597
Uffizi, Florença

Há 9 anos ela afundava-se e afogava-se em garrafas de vinho. Dia sim, dia não, ficava ébria, completamente ébria, tão ébria que não inspirava sequer compaixão.
Eu não percebia porque parecia-me que tinha tudo: um marido que a amava, filhos para quem ela era tudo, beleza, juventude e uns olhos que pareciam lamber o céu.

Há 9 anos, ao entrar naquela sala, via-a quase morta, os olhos sem expressão e o vinho a tapar-lhe a racionalidade, o vomitado pelo corpo. Nada lambia o céu. A partir daí - ou pela vergonha ou pelo cansaço -, viveu sempre à tona, há 9 anos à tona, sem engolir um único pirolito. Para ela, levanto a minha taça.

1 Comments:

Anonymous Jimi said...

Eu também levanto a minha...!

18/11/05 1:47 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home